Algumas considerações sobre o Sudam F3 de 1992


Das sete provas realizadas no Brasil, os brasileiros ganharam cinco, e os argentinos duas. Um dos expoentes do campeonato foi Constantino Junior - sim, ele mesmo, o dono da Gol. Ganhou duas corridas com um March-Honda patrocinado pela Breda e Thamco - não surpreendentemente, companhias ligadas a ônibus, setor no qual a família fez fortuna.

Além de Junior, Affonso Giaffone também ganhou duas corridas com um March VW, e Marcos Gueiros uma corrida com um March Honda. Constantino e Gueiros chegaram até a Formula 3000, mas ficaram longe de ser cogitados para a F-1.

De fato, dos pilotos que participaram do campeonato um único chegaria um dia à F-1, e não foi um brasileiro ou argentino. Foi o italiano Domenico "Mimmo" Schiatarella, que fez algumas corridas com um Dallara com motor Alfa-Romeo. Mimmo foi um dos pilotos a sofrer com a Simtek em 1994 e 1995. Depois fez carreira na CART, carros GT e carros esportes.

Mas havia um ex-piloto de F-1 no campeonato, o brasileiro Alex Dias Ribeiro, que fez algumas provas com um March-Honda patrocinado pela Caixa Economica Federal. Sua melhor colocação foi sexto lugar em Tarumã. Curiosamente, Alex correu com o número 13 naquele ano (vejam o post anterior).

A modelo Suzane Carvalho foi a campeã da Classe B, disputando provas com um Reynard VW. Geralmente a classe reunia 6 carros por corrida. Entre outros participantes da classe B estavam Roberto Galafassi, Laercio Justino, Milton Sperafico, Ananias Justino, Juan Carlos Giacchino, Norio Matsubara, Ricardo Matos, Elvis Becker, Marcel Camba, Mario Olivelli e Guri Martinez.

Foi nesse ano também que Helio Castroneves estreou na F3, com um March-VW na etapa do Rio
de Janeiro, terminando em oitavo lugar.

O argentino Nestor Gabriel Furlan venceu duas provas no Brasil, e fez a volta mais rápida em quatro corridas.

O carro de Alex Dias Ribeiro em 1992. Notem o numero, 13.

Comments

Popular posts from this blog

O piloto de Fórmula 1 mais rico do mundo

Patrocínios e patrocinadores – nem tudo que reluz é ouro

Uma grande decepção